99 lança reconhecimento facial para 100% dos motoristas

A 99, aplicativo de transporte urbano que integra a companhia global DiDi Chuxing, lançou na segunda-feira (13), para 100% dos motoristas, uma ferramenta de reconhecimento facial para aumentar ainda mais a segurança das corridas da plataforma. O sistema identifica automaticamente o rosto dos condutores antes de eles se conectarem ao app.

A tecnologia foi desenvolvida por engenheiros e programadores em três países – Brasil, Estados Unidos e China – e será aplicada periodicamente aos motoristas cadastrados no aplicativo. Atualmente, todos os condutores já passaram pela confirmação de identidade.

Além de trazer mais segurança para os passageiros em suas viagens, a novidade também protege a identidade do motorista.

A 99 realiza o procedimento através de uma parceria com o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), validando automaticamente a imagem coletada durante o reconhecimento facial com a foto armazenada no banco de dados do órgão.

Além do processo periódico, feito com todos os condutores, a ferramenta atua junto com a inteligência artificial da 99, que pode identificar padrões de uso dos motoristas e solicitar checagens adicionais, caso necessário. Verificações randômicas também são realizadas.

A medida visa estabelecer modelos de redundância que dão proteção adicional aos usuários. Isso significa que, além das análises de documentos que a empresa já executa, outra camada de conferência será adicionada.

“A segurança de passageiros e motoristas é a nossa prioridade”, diz Lívia Pozzi, líder de segurança em operações da 99. “O reconhecimento facial se junta agora às demais ferramentas de proteção para os usuários, como as câmeras embarcadas e o botão de emergência.”

Como funciona:

> Periodicamente, a 99 pede aos motoristas que façam o reconhecimento facial, em qualquer hora do dia.

> O condutor deverá colocar o rosto no círculo e esperar alguns segundos enquanto a verificação é realizada

> Caso seja aprovado, o condutor poderá dirigir normalmente. Se não, ele pode regularizar a situação pedindo revisão pelo app.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *